Brasil, 
06 de dezembro de 2016
Sorteados

Confira os ganhadores,
cadastre-se e
concorra a prêmios!
Indique este site para um amigo
Seu e-mail:

E-mail do seu amigo:

A A
Urucum

Árvore nativa conhecida pelo seu uso na culinária e nas pinturas indígenas.

          Urucu ou Urucum vem do tupi uru-ku  que significa vermelho,  é o fruto do urucuzeiro ou urucueiro (Bixa orellana), arvoreta nativa na América tropical, que chega a atingir altura de até seis metros. Apresenta grandes folhas de cor verde-claro e flores rosadas. Seus frutos são cápsulas com espinhos maleáveis, que se tornam vermelhas (motivo do nome urucu) quando ficam maduras. Então se abrem e revelam pequenas sementes dispostas em série, de trinta a cinquenta por fruto, também vermelhas.

USO:

         O urucum é utilizado tradicionalmente pelos índios peruanos e brasileiros (juntamente com o jenipapo, de coloração preta), como fonte de matéria prima para tinturas vermelhas, usadas para os mais diversos fins, entre eles, protetor da pele contra o sol e contra picadas de insetos. Ao passar urucu na pele ele penetra nos poros, e, ao longo do tempo, a pele passa a ter uma tonalidade avermelhada constante e definitiva. Isso acontece pois os poros se entopem de urucu e não conseguem mais eliminá-lo. Há também o simbolismo de agradecimento aos deuses pelas colheitas, pesca ou saúde do povo.

          No Brasil, a tintura de urucum em pó é conhecida como colorau, e usada na culinária para realçar a cor dos alimentos. Esta árvore ainda é cultivada por suas belas flores e frutos atrativos.

          Levado para Europa pelos primeiros colonizadores da América, é mundialmente empregado como corante de diversos fins, principalmente na indústria alimentícia. Com o banimento do uso de corantes alimentícios artificiais na União Européia, por prováveis efeitos cancerígenos, além de quase não ter sabor,é intensamente importado da América tropical e África.

         Na medicina: como medicamento fitoterápico, é dotado de inúmeras características e propriedades bioquímicas, que lhe dão aplicação em vasta gama de casos.

CULTIVO

         Cultivado com objetivo paisagístico devido suas flores e frutos e para produção do corante natural.

Flor de Urucum Semente de Urucum

         FRUTIFICAÇÃO: em janeiro/fevereiro e junho/agosto. Frutos de 3cm contendo as sementes que podem ser verdes ou vermelhas. Frutifica após 3 anos.

         CULTIVO: semear a 2 centímetros de profundidade em sacos ou vasos pequenos. Recomenda-se cobrir os recipientes com palha para conservar a umidade. O tempo de germinação é de 6 a 10 dias,

         As mudas estão prontas para o plantio quando atingirem 40 centímetros de altura, Isto ocorre 3 a 4 meses depois da germinação. Irrigar bem as mudas nos primeiros 10 dias depois do transplante. Nesse período, as folhas caem mas rebrotam logo depois. Distância mínima entre as árvores deve ser de 5 metros.

          Gosta de sol pleno, clima úmido, solos férteis e ricos em matéria orgânica. Deve ser evitada áreas de ventos fortes ou frios.

         São condições consideradas ótimas para a cultura: alta luminosidade, quantidade de chuva alta bem distribuído durante o ano e temperaturas entre 20 e 26 graus centígrados.

         Quando as sementes sofrerem um período de armazenagem, recomenda-se colacá-las de molho em água fria por 24 horas. Isso facilita a germinação e possibilita a separação de sementes de pouco peso, que ficam boiando. Retiradas da água, as sementes podem ser semeadas imediatamente.
 

         A Ecoloja estimula o plantio de árvores. Ajude a reflorestar a Serra da Bodoquena, Bonito/MS, adiquira a Camiseta , Babylook  ou Ecosacola da Floresta.

Fotos: Google Imagens

Newsletter
Digite seu e-mail: